Dia: 17 de abril de 2021

CASAIS

Eu consigo acolher os defeitos do outro?

O defeito do outro sempre me incomoda. Ele é uma prova viva de que o amor romântico está saindo pela janela, em alguma medida. Eu posso até tentar fechar essa janela, mas a idealização sobre o outro vai escorrendo pelo ralo mesmo. É só os dias passarem, é só a relação ganhar corpo e tempo, que este fenômeno é inevitável. O romantismo vai se revestindo de uma verdade inconveniente. O que começou com “O meu amor tem um jeito manso que é só seu” termina como “O meu amor tem um jeito irritante que é só seu”…

Leia mais »
CASAIS

Eu mudei, tenho outras formas de ver a vida, é o prenúncio de uma crise de casal?

O casamento parece uma foto, mas é um filme. Um filme em que os dois compõem jornadas individuais, além do encontro do casal. Nesta jornada, às vezes os caminhos surpreendentemente mudam o jeito de ver a vida. E isto não estava no roteiro original do filme do amor romântico, que diz que é para sempre aquele encaixe apaixonado e supostamente perfeito de quando o desejo de viver juntos começou a acontecer.

Leia mais »