Como o terapeuta de Casal trabalha?

Saber a fundo como um terapeuta de casal trabalha e como ele constrói um processo que chega para ele, geralmente, em um pico de desgaste, como se fosse a última tentativa de fazer aquela relação se frutificar novamente.

 

Como é que um terapeuta realiza esse trabalho com um casal?

Geralmente, nós na psicologia recebemos o treinamento lá na graduação e até mesmo nas formações clínicas para trabalhar com apenas uma pessoa.

A terapia de casal rasga esse véu e coloca o casal e todas as histórias de família que antecedem essas pessoas e os projetos futuros desse casal diante de nós.

Pode ser que você trabalhe com pessoas que às vezes te perguntem, nós poderíamos fazer uma sessão de casal, eu poderia trazer o meu parceiro para podermos conversar sobre os dilemas que estamos tendo na nossa relação?

Às vezes você faz parte de algum tipo de instituição em que você recebe casais para conversar, você pode ser uma orientadora escolar, você pode ser um terapeuta dentro de um CRAS, de um CAPS, de um programa de saúde da família em que você precisa entrar no cotidiano das famílias. Então, pode ser que para você seja interessante voltar às suas perguntas.

Você já deve ter se feito perguntas se é ético, como poderia funcionar, quais são os limites e possibilidades desse tipo de trabalho.

É em cima de todas essas perguntas, que eu pensei a estruturação do novo curso do Instituto Aripe:  Fundamentos de Terapia de Casal.

Esse curso, vai funcionar por seis meses em aulas quinzenais de duas horas e trinta minutos. Então nós teremos doze encontros, trinta horas de aulas ao vivo em que você vai poder assistir gravado quantas vezes você quiser e participar ao vivo na hora que elas acontecem.

As minhas aulas aqui no Aripe, quem já participou, já sabe, são absolutamente co-construídas com as histórias, com os contextos de trabalho, com as abordagens, com as filosofias de trabalho de todos os participantes.

Nesse curso, eu quero te mostrar toda teoria que embasa o trabalho com casais, eu vou te apresentar ferramentas para atuar em crises intensas que os casais nos trazem para clínica, como podemos sair de impasses nesse tipo específico de diálogo terapêutico e como isso pode se transformar, quem sabe, em uma nova abertura de identidade profissional para você.

Não vai ser uma formação, vai ser um curso intensivo, introdutório, sempre profundo e sempre delicado.

Estamos com esse vídeo aqui, chegando ao final da nossa série mas não se preocupe, se você não assistiu tudo, pode voltar aí, e assistir os vídeos que já estão postados sobre esse tema da terapia de casal.

Porque eles são só um início de uma percepção que você vai ter de tudo o que vamos conversar de forma ampla, geral e irrestrita, sobre o fenômeno da terapia de casal durante esses seis meses do Fundamentos de Terapia de Casal.

Eu convido você a fazer parte desse grupo pela primeira vez aqui no Instituto Aripe. Há muito tempo me pedem esse curso, mas agora é que ele vai acontecer e com a sua participação, caso você se sinta convidado para isso.

Então um abração e a gente se vê lá no curso.

Até mais!

por Alexandre Coimbra Amaral, Psicólogo, Mestre em Psicologia pela PUC do Chile Terapeuta de Casais, Famílias, Grupos e Comunidades.
Psicólogo do Programa “Encontro com Fátima Bernardes”, da Rede Globo. Colunista da Revista Crescer (Editora Globo) e do Portal Lunetas (www.lunetas.com.br).