A proposta do método Dance Mãe e Bebê é empreender um estilo de vida em que a mãe exercita a qualidade de presença. Onde o dançar é um laboratório vivo para investigar e experimentar o tempo presente no corpo. E assim conhecer e manifestar sua ciência quântica.

Dançar como uma meditação em movimento.

Dançar como uma metalinguagem da própria vida.

Dançar para que se estabeleça o campo propício ao silêncio interior e à meditação ativa!

Tudo isso porque a conexão e o vínculo com o bebê se estabelece no agora! Essa é a chave!

Praticar a dança meditativa com frequência instaura e alimenta um vigoroso vórtice de energia cujo eixo irradia seus raios de benesses mil que alcançam todo o nosso entorno.

Esse vórtice se manifesta simplesmente porque concentramos na dança. O

u seja, se concentrar é estar com o centro, é ser o centro. É desse centro em si que brotam os movimentos dessa dança que propomos no método Dance Mãe e Bebê.

Através da prática da dança com o bebê, o exercício da presença fica mais claro.

e essa qualidade se estende para os diversos momentos cotidianos que a mãe vive com o bebê para além da dança.

E assim, é possível ampliar a auto-observação sobre os automatismos diários e devotar mais inteireza às ações e convivências do dia a dia.

Dançar com essa intenção é como um treino que fortalece as fibras de nossa consciência no aqui e agora. A Dança é como um motor que faz circular a energia e mantém ligado o alerta que nos chama para o estado de presença. Dançar com o bebê, no puerpério, que é um período de intensas transformações, é como uma prática preventiva. Um apoio real para que a mulher atravesse seus processos na maternidade com mais consciência. Para que ela possa se desvelar com propriedade, como protagonista do que ela vive, agente de seus próprios movimentos na dança da vida!

Da gravidez ao nascimento, a mulher vive alguns ritos de passagem nas intensas metamorfoses que vivencia…

Ao longo da história da humanidade, nos ritos, a pintura corporal têm papel fundamental, assim como o som e a dança. E é isso que expresso nesse vídeo: a pintura em meu corpo evidencia que estou em processo de transformação e as artes se encontram na minha dança que flui ao som do meu próprio coração.

A poesia é o fio condutor que está alinhavando o conjunto dessas vivências de corpo e alma. A partir do meu centro, meus movimentos vão serpenteando a vibração do meu presente em comunhão com o amor vivo, que embalo em meus braços.

Por Ana Cândida Zanesco – sócia-fundadora do Instituto Aripe e criadora do método Dance Mãe e Bebê, que inspira centenas de mães a estarem presentes com seus bebês

Dance Mãe e Bebê insta: @dancemaebebe
Saiba mais do nosso Curso On-line de Formação para Profissionais no Método Dance Mãe e Bebê, pelo Instituto Aripe: SAIBA MAIS AQUI
Pintura corporal por Fran Monai
Video por @cancaodeamorfilmes
Em Levare Saúde e Bem Estar

FORMAÇÃO DANCE MÃE BEBÊ

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

CONTATO

Para nós é importante saber como você está se sentindo com as informações que estamos compartilhando. Você pode mandar uma mensagem falando de que forma esse conteúdo lhe tocou.

Enviando

©2018 Instituto Aripe - pós Parto e Puerpério Desenvolvido por V12 Brasil Marketing Digital

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?