por Catarina Machado

Senta aqui, você não está sozinha, aliás não, vocês não estão sozinhos…

Há um mundo de coisas transbordando, permita uma pausa sincera… Quando nasce um filho, ressignificamos todas nossas posições nucleares familiares.

Sempre digo que no parto- abruptamente – entramos casal, saímos família. Quem era filha e filho, passa a mãe e pai. Aonde era casal, vira mãe e pai. Era duo, fica trio…

Dissocia-se, associa-se; começa, recomeça; cria, recria; faz, refaz, troca; cresce, transforma, transborda: muda…

Porque a existência de um bebê extrapola nossa própria existência e expande tanto da nossa essência. É visceral, transformador.

E nessa transformação existe muito de nós dois.

Existe agora hormônios alterados, noites sem dormir, preocupações em excesso, amamentação, choros, dias de cólica, falta de almoços ou banhos, cama compartilhada, pouca paciência, exaustão física e mental, dúvidas, medos, questionamentos.

E nesse mundo de vivências e sensações do puerpério não nos reconheço mais como aquele casal que éramos, assim como sei que você não nos reconhece.

Mas escuta aqui e entenda…. desejo, paixão, cumplicidade, parceria, amor, disponibilidade, tesão, parceria, nada disso foi embora, tudo está em transformação.

Nós somos sim aquele casal que se permitiu virar família!

Escuta, o nosso amor está aqui.

Escuta, a soma da minha vida, com a sua vida e de nosso filho faz o sentido para superarmos os novos obstáculos e desafios.

Escuta, nos multiplicamos família para entender que a beleza está nos detalhes… E ainda que a ciência, os estudiosos, os amigos nos provem que os desafios de família não tem fim, existe uma maravilha diária em transformar nossa casa em lar.

Ninguém disse que seria fácil, mas sim, é muito melhor! Nos permitamos acolher um ao outro, somente nós sabemos como é importante a presença um do outro.

Que as vivências e os cuidados para a criação de nosso filho sejam sempre o caminho para as vivências e os cuidados de nós mesmos como casal, um eterno novo casal.

Que multipliquemos todos os detalhes, por mim, por ti, por nós!

Catarina Machado, psicóloga Mestre em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde @catarinagmachado para o Coletivo Laços do Puerpério @lacosdopuerperio – iniciativa das alunas no Curso de Psicologia do Puerpério do Instituto Aripe.

Imagem: @elliana_allon

FORMAÇÃO DANCE MÃE BEBÊ

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

CONTATO

Para nós é importante saber como você está se sentindo com as informações que estamos compartilhando. Você pode mandar uma mensagem falando de que forma esse conteúdo lhe tocou.

Enviando

©2018 Instituto Aripe - pós Parto e Puerpério Desenvolvido por V12 Brasil Marketing Digital

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?