Nova Série do Instituto Aripe trás reflexões sobre o desenvolvimento da Criança.
Por Mariene Perobelli

Quando eu pesquisei, aprofundei os meus estudos sobre o desenvolvimento da criança, porque eu percebia que eu enquanto mãe, enquanto artista, enquanto professora, eu precisava compreender como a criança apreende o mundo e como se daria esse desenvolvimento de forma saudável e plena, para que eu pudesse fazer as escolhas adequadas no meu papel de mãe, no meu papel de artista e no meu papel como professora e principalmente como professora que forma outros professores, que também trabalham com crianças.

Então, nós estruturamos agora aqui no Instituto a Aripe uma série sobre este tema: o desenvolvimento saudável da criança na primeira infância.

Hoje a gente vai conversar um pouco sobre a acolhida da criança no mundo num momento em que o bebê nasce. É um momento de uma grande festa em família. A vida de todas essas pessoas do entorno dessa criança, ela é radicalmente transformada e renovada.

Então como afeta a chegada de um bebê a vida do pai e da mãe, da avó, do avô, dos tios, vizinhos e de todos esses adultos que cercam essa criança?

Qual o nosso papel enquanto adultos no cuidado dessa criança, da acolhida dessa criança no mundo? Existe uma filósofa chamada Hannah Arendt, ela diz que toda criança que chega ao mundo ela traz algo completamente novo.

Ela é o que antes jamais foi. É impossível a gente prever, imaginar o que essa criança é. Quais são as suas potências,suas possibilidades, nem do que ele é capaz nesse mundo. E aí qual a nossa responsabilidade enquanto adultos que acolhemos essa criança, em permitir que essa criança imprima no mundo toda a sua potência, tudo aquilo que ela traz, todo esse caráter de novidade, todas essas transformações que a vida de uma criança gera no núcleo familiar em todo seu entorno?

Então como estamos nós adultos? Estamos preparados para essa abertura?

Primeira essa abertura em nós, estamos disponíveis para nos abrirmos ao novo e nos lançarmos uma nova vida? Porque quando uma criança chega a nossa vida é transformada, nós nos transformamos. Em que medida estamos preparados para essas transformações? Em que medida estamos preparados para permitir que essa criança seja aquilo que ela é, na sua plenitude? E não que ela atinja as nossas expectativas, nossos planos e projetos frustados de vida. Então como se dá o cuidado de si, desse adulto que acolhe, que recebe essa criança no mundo? E a nossa responsabilidade, enquanto adultos, é também de apresentar o mundo a essa criança que chega. Agora a questão é como eu apresento o mundo a criança?

Eu não posso emprestar para ela os meus olhos, as minhas experiências a minha vida, não posso querer que ela viva aquilo que eu vivi, porque ela é algo único, novo, mas cabe a minha responsabilidade de apresentá-la com cuidado, com afeto, com responsabilidade e com respeito. Porque eu cheguei antes no mundo e eu já conheço um pouco desse mundo a partir do meu ponto de vista, então o que a gente vai continuar conversando aqui nessa série, nos próximos vídeos é sobre como se dá essa relação afetiva, respeitosa e acolhedora.

Nessa relação adulto/criança nos três primeiros anos de vida. Quais são os estímulos adequados? Como essa criança aprende a andar? Como ela aprende a falar? Como ela aprende a pensar? E qual o meu papel enquanto mãe, enquanto pai, avô, avó, tia, madrinha, padrinho, professor, professora, na relação com essa criança Qual o meu papel? Qual a minha atitude?

Que estímulos eu devo oferecer para que ela se desenvolva de forma saudável, na sua plenitude, trazendo toda a sua força para esse mundo renovando a nossa vida?

Imagina se cada criança que chega no mundo renova o seu entorno, se a gente assim permitir. Imagina quanta renovação chega no mundo a cada dia com cada nascimento. Eu quero convidar vocês a continuar comigo nessa série. Aqui no Instituto Aripe. Pensando, refletindo e observando a nossa relação com as crianças no mundo.

Baixe o E-Book – Desenvolvimento Saudável da Criança 0-3

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

CONTATO

Para nós é importante saber como você está se sentindo com as informações que estamos compartilhando. Você pode mandar uma mensagem falando de que forma esse conteúdo lhe tocou.

Enviando

©2018 Instituto Aripe - pós Parto e Puerpério Desenvolvido por V12 Brasil Marketing Digital

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?