por Inessa Sato

Ao nos descobrirmos como pais, vivemos um novo mundo. Muitos sentimentos nos vem a tona nesse momento tão especial, não é mesmo? Ficamos num estado de euforia, felicidade, para alguns pode haver tristeza, mil preocupações e cansaço.

O bebê recém-nascido exige muitos cuidados e atenção. O sono dele muitas vezes é picado, já que precisa se alimentar com muita frequência. Nada de mais natural, seu estômago pequenino não comporta muito alimento e o leite materno é digerido rapidamente. Além disso, ele esta crescendo muito rápido e precisa de muita energia e calor materno para poder se desenvolver.

Você se lembra de como é a sensação de deitar-se na cama e permanecer assim por longas 8 horas ininterruptas? Se você tem um bebe, provavelmente não, não é mesmo?

Leia também: 10 mandamentos da Maternidade 

Como Dormimos? Como Funciona Nosso Sono?

Existem dois tipos diferentes de sono:
não-REM: compõe-se de quatro fases. Na primeira, o corpo começa a relaxar e você tem uma semi-consciência do que está a sua volta.

Na segunda, os movimentos do corpo e dos olhos cessam e as ondas cerebrais diminuem a velocidade. Aqui chamamos de “adormecer”. A terceira e quarta fase, são de sono profundo: a respiração é regular e você não mostra nenhuma resposta ao que está acontecendo ao seu redor. Estes são os estágios mais restauradores do sono.

Passar por esses quatro estágios leva cerca de 90 minutos, após o que o corpo se desloca para REM.
REM: rápido movimento dos olhos, período em que a maioria dos sonhos ocorrem e as ondas cerebrais se aceleram.

Todo o ciclo de quatro estágios e um período de sono REM acontecem cerca de quatro a seis vezes por noite. A maior parte do nosso sono profundo e restaurador ocorre normalmente durante o primeiro terço da noite, enquanto o sonho dos sonhos tende a se concentrar na manhã.

Porquê Dormir? Qual a Importância Do Sono?

O efeito do sono fragmentado vai além de um corpo cansado – também afeta a forma como você pensa e lida.

O sonho é super importante para nossa capacidade de pensar com clareza. Durante o sono REM, o cérebro classifica memórias e processa os eventos do dia. A falta de sono

REM pode causar falhas de memória e tornar as tarefas que exigem um maior funcionamento cognitivo mais difícil, deixando você se sentindo como se estivesse flutuando, “viajando”.

Para as mães, isso faz com que uma série de atividades diárias se tornem problemáticas – desde cozinhar e cuidar da casa e ter a paciência para lidar com uma criança pequena e irritada.

Como É o Sono do Recém-Nascido

Os padrões de sono do seu bebê RN até por volta dos 18 meses – 2 anos, não são como os seus.

– O Sono do Bebe pequeno inclui uma maior porcentagem de REM. Por exemplo, aos 3 meses, seu recém-nascido gasta 50 a 80% do tempo de sono em REM e que em um adulto é de 20%.

– O ciclos de sono de um bebe pequeno, é de aproximadamente 50 minutos, enquanto que de um adulto corresponde a 90 minutos aproximados.

Sendo assim, seu recém-nascido acordará facilmente, dormirá por períodos mais curtos – não mais de três a quatro horas e manterá seu padrão leve e desordenado 24 horas por dia.
Ter seu sono fragmentado é ainda mais extenuante do que apenas cinco horas de sono direto, por exemplo. Por que?

A fragmentação do sono causa uma diminuição significativa no seu sono profundo. Isso porque cada vez que você se levanta e depois volta para a cama, deverá começar o ciclo de sono novamente, entrando nos estágios leves do ciclo antes de retornar ao sono profundo.

O resultado: exaustão.

Dicas De Sono Para Recém-Mães (e Pais):

Reveja suas prioridades: Durante os primeiros dois meses, é completamente aceitável tirar um tempo para você. Você não precisa se sentir culpada por colocar as suas necessidades em primeiro lugar.

Se há trabalho para fazer em toda a casa, não sinta a necessidade de ter que dar conta de tudo. Peça ajuda a amigos ou familiares para fazer o trabalho.

1. Dormir quando seu bebê dormir
Embora este seja um clichê e não funcione para todas as mães e circunstâncias familiares. O momento em que seu bebê adormece é quando você deveria estar dormindo também.
Não fique tentada a fazer tudo que precisa fazer quando o bebe dorme. Faça do sono uma prioridade.

2. Desligue seu modo-alerta
Os bebês recém-nascidos são naturalmente “ativos” durante o sono. Eles fazem barulhinhos, gemidos e chorinhos. Tente distinguir estes barulhinhos pelo choro de verdade, aquele que esta solicitando algo.
Muitas vezes eles conseguem voltar sozinhos a dormir, mas podemos atrapalhar esse processo natural atendendo sempre que soltam gemidinhos e mais pra frente dependerem dos pais para voltar a dormir novamente.

3. Peça por ajuda
Você não deve se sentir culpada ou hesitante em procurar ajuda. Quer seja para ajudar com a falta de sono ou mesmo as tarefas diárias, a busca de ajuda assegurará que você nunca esteja exausta demais.

As técnicas de meditação também são extremamente úteis para garantir uma boa noite de sono.

Procure sempre um profissional para contar qualquer dificuldade que vem tendo com o sono.

Inessa Sato Nakao
Terapeuta/Consultora Do Sono Materno Infantil da Caiu no Sono

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

CONTATO

Para nós é importante saber como você está se sentindo com as informações que estamos compartilhando. Você pode mandar uma mensagem falando de que forma esse conteúdo lhe tocou.

Enviando

©2018 Instituto Aripe - pós Parto e Puerpério Desenvolvido por V12 Brasil Marketing Digital

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?