Por Fernanda Carvalho e Priscilla Lírio

Qual o momento de separação mãe-bebê?
Será que existe uma hora certa para isso acontecer?
Quais os sentimentos que estão envolvidos nesta separação, especialmente para a mãe?

A mãe e o bebê vivem uma simbiose, uma indiferenciação, como se os dois fossem um só. Durante os três meses fora da barriga da mãe, é como se a gravidez ainda perdurasse, o que chamamos de exterogestação.

O bebê é ainda extremamente dependente da mãe ou da sua figura de referência, necessitando deste contato mais próximo. Esta relação é importante para a construção de intimidade.

Explorar o mundo

Aos poucos, o bebê vai sentindo necessidade de explorar o mundo, ainda sob o olhar da sua figura de referência, mas um pouco mais livre para descobrir as coisas da sua forma, usando seus órgãos do sentido. A mãe também vive este processo, no qual percebe que ela e o bebê não são um só, e vai nascendo nela um desejo de retomar a sua vida, de fazer outras coisas que também te dão prazer.

Assim, vai ocorrendo o processo de separação mãe-bebê, seja em poucos momentos do dia ou até por períodos mais longos (dependendo das necessidades da família).

Necessidades e desejos

O momento será definido por esta mãe, de acordo com suas necessidades e desejos. No entanto, a cobrança social coloca nesta mãe uma culpa: como assim você vai deixar seu filho para fazer outras coisas?

Precisamos dar espaço para a fala desta mãe e para que ela consiga sentir o que é melhor para ela e para o seu bebê.

É necessário entender que as crianças terão outras figuras de apego ao longo da vida e que isto é importante para a sua formação.

Segurança necessária

A mãe precisa sentir segurança para fazer esta transição, pois assim transmitirá segurança aos seus filhos, que saberão que o vínculo com a mãe está mantido, independente do tempo que passe longe dela.

É importante ressaltar que cada família e cada díade mãe-bebê irá vivenciar este processo de separação de uma forma diferente.

Fernanda Carvalho (CRP19/1071)
Priscilla Lírio
Instagram @parentalidadeemroda

 

Conversando com Casais em Crise

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

CONTATO

Para nós é importante saber como você está se sentindo com as informações que estamos compartilhando. Você pode mandar uma mensagem falando de que forma esse conteúdo lhe tocou.

Enviando

©2018 Instituto Aripe - pós Parto e Puerpério Desenvolvido por V12 Brasil Marketing Digital

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?