A supervisão clínica com Alexandre Coimbra Amaral e Patrícia Piper visa a aquisição de habilidades e competências terapêuticas, favorecendo o entrelaçamento entre a teoria e a prática.

A supervisão clínica com Alexandre Coimbra Amaral e Patrícia Piper visa a aquisição de habilidades e competências terapêuticas, favorecendo o entrelaçamento entre a teoria e a prática.

Mande o seu caso clínico para a construção coletiva de conhecimento

Passo 1

Inscreva-se na Supervisão Clínica e mergulhe na experiência Aripe.

Passo 2

Mande seu caso clínico para o e-mail do Instituto Aripe. Os casos serão selecionados pela curadoria dos especialistas da supervisão, e reunidos de forma a nortear cada um dos encontros, dentro dos temas propostos.

Passo 3

Participe dessa jornada de conhecimento, onde Alexandre e Patrícia trarão conceitos, vivencias e experiências clínicas para a construção coletiva dos saberes.

Passo 4

Aproveite para participar ativamente! Ao final de cada aula, será aberto espaço para a participação dos inscritos e inscritas.

Como a psicologia e a psiquiatria podem dar as mãos e conversar sobre casos mais desafiadores na clínica? Como construir diálogos entre estas duas profissões, que sempre estão trabalhando com as mesmas pessoas, muitas vezes de forma dissociada e pouco integrada?

Uma oportunidade de você viver quatro encontros, em que Patrícia e Alexandre trarão suas experiências com as situações que mais solicitam o diálogo interdisciplinar destas duas categorias profissionais. Um espaço para se construir um grupo de verdadeiro aprendizado, em que todos se colocam a partir de suas competências e se complementam em colaboração. 

Uma forma de começarmos o ano quebrando rigidezes, questionando muros e abrindo portas de dentro para fora.

  • 00Dias
  • 00Horas
  • 00Minutos
  • 00Seconds
  • 00Dias
  • 00Horas
  • 00Minutos

Temas abordados pela supervisão

  • Casos graves – tentativas de suicídio, episódios psicóticos, agudização de transtornos de personalidade
  • Cronificação e a angústia por melhora clínica – quando esperar melhora dos sintomas e, mais importante, de quais sintomas?
  • Transtornos refratários e recidivas – quando nada funciona, o que fazer além de dançar um tango argentino?
  • Suporte e proteção a vida: como manejar casos que colocam o paciente em risco

O QUE É A SUPERVISÃO CLÍNICA?

  • A supervisão é uma técnica de intervenção e uma poderosa ferramenta de ensino e tem por objetivo aprimorar a prática clínica de terapeutas e psicólogas e se baseia no compartilhamento das experiências bem como na construção coletiva de saberes.
  • A sistemática do curso foi desenvolvida para garantir maior profundidade na discussão dos casos. Os casos clínicos serão enviados pelos inscritos e inscritas através do e-mail do Instituto Aripe, selecionados pela curadoria dos especialistas da supervisão, e reunidos de forma a nortear cada um dos encontros, dentro dos temas de cada uma das aulas. A partir dos casos selecionados (que oferecem mais margem de discussão) os especialistas trarão conceitos, vivencias e experiências clínicas para a construção coletiva do conhecimento. Ao final de cada aula, será aberto espaço para a participação dos inscritos e inscritas. 
  • Essa troca possibilita a construção de múltiplas perspectivas e compreensão de novas formas de atender ao público de pacientes de acordo com as demandas que urgem em nossos consultórios.
  • A experiência do curso, que trará um olhar amplo através da interação entre a psiquiatria e a psicologia será uma oportunidade para você que é psicóloga ou terapeuta aprender a se relacionar com a psiquiatria, bem como para você, psiquiatra, a melhorar a sua interação com a psicologia.
  • Ainda que você, profissional, não tenha atendido casos vinculados aos temas propostos, a supervisão clínica possibilita uma capacitação preliminar para diversos desafios.
  • Tudo acontece num espaço seguro, de profunda conexão humana, compreensão de nossa vulnerabilidade e abertura para todo tipo de experiências, sem julgamento.

As bases da Supervisão Clínica

Metodologia

Nossa metodologia desafia as limitações do ensino online pois é pautada na co-criação do conteúdo, uma vez que a ordem e a ênfase dos temas se transformam a cada turma, de acordo com a necessidade dos indivíduos de cada grupo.

Encontros ao vivo

Serão encontros ao vivo onde teremos a participação ativa dos estudantes, na análise e comentários de dilemas reais vividos na assistência.

Portanto, os alunos não somente assistem aos encontros em uma posição passiva, mas são partes integrantes do sistema de aprendizagem.

Diálogo transdisciplinar

Alexandre e Patrícia trazem o olhar amplo, através da interação entre a psiquiatria e a psicologia, com o objetivo de traduzir em conhecimento o diálogo transdisciplinar que caminha em busca da melhor qualidade de vida do paciente. Em muitos casos é importante a parceria de ambos, para uma melhor atuação clínica.

COMO É A SUPERVISÃO CLÍNICA COM ALEXANDRE E PATRÍCIA?

A “Supervisão Clínica”, é ministrada por Alexandre Coimbra Amaral e Patrícia Piper e trará um olhar cuidadoso na ampliação da compreensão das principais angústias e dificuldades na prática clínica através da interação entre a psiquiatria e a psicologia.

Serão 4 encontros, online e ao vivo onde casos clínicos enviados pelos inscritos no curso farão parte da construção coletiva de saberes. Fazemos questão que seja assim, porque acreditamos que cada história que você tiver na sua prática servirá de ilustração para os conceitos estudados. 

Os encontros, além de ao vivo e gravados para você assistir posteriormente, são interativos. Isto compõe uma metodologia que vai muito além da mera exposição dos conteúdos. Os participantes são co-autores dos encontros, porque suas interações compõem o fluxo da narrativa dos docentes, através de perguntas e comentários que são lidos e comentados a todo momento.

Assim, os encontros passam a ser uma experiência de comunidade de aprendizagem viva, que se organiza a partir da necessidade de cada um e de todo o grupo. Durante nossos encontros virtuais debateremos as situações mais comuns vividas pelos terapeutas, fazendo do espaço virtual um lugar de encontro humano: com nossas identidades profissionais diversas, com os dilemas da assistência, com nosso desejo de nos capacitarmos melhor para atender àqueles que nos procuram.

Além dos encontros ao vivo, que ficam gravados caso você não possa participar, teremos uma comunidade virtual, onde trocaremos experiências sobre o conteúdo dos encontros.

Cronograma de nossos encontros

*Datas sujeitas a alteração (no prazo de 48 horas antes de sua realização).

1° Encontro online e Ao Vivo*

27 de janeiro de 2022, quinta-feira das 09h00 às 11h00
 
TEMA: Casos graves e agudos – suicídio, episódios psicóticos, agudização de transtornos de personalidade
Abordará os diagnósticos e contextos mais comuns em casos graves e agudos, como descompensação de transtornos de humor, episódios psicóticos e ideação e plano suicida. Dentro desse contexto, quais as aproximações possíveis da psicologia e da psiquiatria no diagnóstico e manejo de situações que exigem esforço conjunto.

2° Encontro online e Ao Vivo*

28 de janeiro de 2022, sexta-feira das 09h00 às 11h00
 
TEMA: Suporte e proteção à vida – como manejar casos que colocam o paciente em risco de morte?
O desenrolar de casos graves e agudos exige esforço conjunto da psiquiatria, da psicologia e de outras áreas, muitas vezes com a única finalidade de segurar as pontas da vida na vida. Quais os recursos disponíveis para se evitar internamentos, mas proteger a vida, diante de casos que nos desafiam? E quando falhamos, de fato falhamos? Como nos acolher diante da complexidade da desistência de vive?

3° Encontro online e Ao Vivo*

03 de fevereiro de 2022, quinta-feira das 09h00 às 11h00
 
TEMA: Cronificação e a angústia por melhora clínica – quando esperar melhora dos sintomas e, mais importante, de quais sintomas?
Há transtornos crônicos. Há doenças do laço social crônicas. De que angústias sofremos diante de tantas cronificações? Esperamos melhora de sintomas ou melhora dos transtornos ou alívio da nossa própria angústia?

4° Encontro online e Ao Vivo*

04 de fevereiro de 2022, sexta-feira das 09h00 às 11h00
 
TEMA: Transtornos refratários e recidivas – quando nada funciona, o que fazer além de dançar um tango argentino?
Pneumotórax
Febre, hemoptise, dispneia e suores noturnos.
A vida inteira que podia ter sido e que não foi.
Tosse, tosse, tosse.
Mandou chamar o médico:
— Diga trinta e três.
— Trinta e três… trinta e três… trinta e três…
— Respire.
— O senhor tem uma escavação no pulmão esquerdo e o pulmão direito infiltrado.
— Então, doutor, não é possível tentar o pneumotórax?
— Não. A única coisa a fazer é tocar um tango argentino.
Manoel Bandeira

Cronograma de nossos encontros

*Datas sujeitas a alteração (no prazo de 48 horas antes de sua realização).

Os facilitadores

Alexandre Coimbra Amaral

Psicólogo, Mestre em Psicologia pela PUC do Chile, Terapeuta de Casais, Famílias, Grupos e Comunidades. Psicólogo do Programa “Encontro com Fátima Bernardes”, da Rede Globo. Autor do livro “Cartas de um terapeuta para seus momentos de crise”, que inaugurou o selo PAIDÓS da Editora Planeta, de livros de psicologia voltados para o público geral. Em menos de seis meses, o livro se transformou em best seller, tendo vendido mais de 13 mil exemplares em todo o país, feito notável para um livro lançado em plena pandemia e do livro “A exaustão no topo da montanha” , uma jornada de reconexão com outros ritmos da vida e com o que é essencial.
Colunista da Revista Crescer (Editora Globo) e do Portal Lunetas (www.lunetas.com.br).
Foi professor de Graduação e Pós-Graduação de cursos de Psicologia.
Participou da implementação do projeto piloto do Programa de Saúde da Família no Chile (2001-2002).
Trabalhou anos como formador em Terapia Familiar, tendo fundado o Instituto Humanitas (centro formador de terapeutas nesta abordagem em Salvador) em 2004, hoje uma das instituições de referência no país no enfoque sistêmico.
Palestrante, em todo o país, sobre as temáticas mais diversas que abrangem o sofrimento humano e suas capacidades de resiliência: Nascimento e Morte, Transições da Vida Familiar, Cultura de Paz, Educação para a Não Violência, Resiliência, Crises no Casamento e na Família, Construção de Diálogos Colaborativos em Situações de Conflito

Patrícia Piper

Psiquiatra especialista em Psicologia clínica, atualmente se dedica ao estudo da Psicologia Analítica e à Antropologia. Foi professora titular de Psicofarmacologia e Psicopatologia do curso de Psicologia da FAE, atuando também na supervisão clínica dos graduandos em cursos de capacitação e extensão dentro da temática da Saúde Mental e da Obstetrícia. Desenvolve o Pré-natal Psicológico, cujo maior pilar é a gestação como espaço único potencializador de experiência existencial e auto-conhecimento.

patricia-piper-psicofarmacologia

O jeito Aripe de acontecer

Linguagem próxima

Falamos todos os sotaques. Legitimando todos os lugares porque consideramos justas, legítimas e belas, necessárias de serem vistas e escutadas e sentidas, todas as formas de existência.

Experiência única

No ARIPE a experiência é maior do que o curso.
As salas não são feitas para grupos de estranhos. E sim para grupos de parceiros em potencial. A gente faz chegar perto. A gente escuta histórias. Contextos. E é a partir dessa proximidade que o conhecimento acontece.

Conceitos vivos

Conceitos são ressignificados quando eles cabem em gentes de qualquer lugar do Brasil e do mundo.
Mas cada um trazendo para a sua vida, e para a sua realidade os conceitos que a gente discute aqui no Aripe.

Construção coletiva

As aulas no ARIPE ocorrem com todos conectados de verdade. Interagindo. Dividindo.
Contando histórias… Aquelas que precisam e merecem ser compartilhadas. É mais bonito assim.

instituto-aripe-de-psicologia

Quem é o Instituto Aripe?

O Instituto Aripe é um agente de transformação que sente e vive essa transformação em sua essência, muito além de uma premissa ou de um desejo de ser.

Talvez você nos conheça exatamente por isso, ou talvez você já tenha vivido alguma transformação de mãos dados com a gente.

Somos sim uma plataforma de cursos online para profissionais, em assuntos relativos a Casais, Famílias e Vínculos Humanos.

Mas somos também e principalmente, um lugar de encontro de pessoas que acreditam na busca do conhecimento como forma de crescimento pessoal e potencialização da prática profissional.

O Aripe é único em sua capacidade de traduzir o conceito de construção coletiva em realidade.

Se você ainda não conhece o Instituto Aripe, convido você a fazer parte dessa roda de crescimento plural e coletivo.

COntato

Caso você ainda tenha alguma dúvida sobre a SUPERVISÃO CLÍNICA COM PATRÍCIA PIPER E ALEXANDRE COIMBRA AMARAL, entre em contato conosco por WHATSAPP (34) 99918-8934 [CLICAR AQUI PARA INICIAR CONVERSA] ou por e-mail suporte@aripe.com.br que iremos atender o quanto antes! Não deixamos mensagem sem resposta!

FAQ - Perguntas e respostas

Sim! Oferecemos para todos os alunos e ex-alunos do Instituto Aripe um desconto de 15% para a Supervisão Clínica com Patrícia Piper e Alexandre Coimbra Amaral. 

Procure nosso suporte através do WHATSAPP (34) 99918-8934 ou suporte@aripe.com.br e solicite o seu desconto.

Você terá acesso as aulas gravadas por 12 meses a partir da data de compra do produto.

Sim, disponibilizaremos bibliografia sobre os conteúdos tratados durante o curso.

Sim, haverá certificado de participação emitido automaticamente pela plataforma.

Ao fazer sua inscrição você receberá acesso imediato ao curso caso seu pagamento seja feito por cartão de crédito. No caso de pagamento no boleto, existe um tempo de processamento de até 3 dias. Os dados de login e senha serão enviados de forma automática no e-mail que você se cadastrou no curso. As aulas ao vivo serão pela plataforma ZOOM. Antes de cada encontro você receberá um e-mail com o link de acesso. Caso você não receba ou tenha dificuldades de acesso é só entrar em contato com nosso suporte via Whatsapp (34) 99918-8934.

Você tem até 30 dias da data da compra para solicitar reembolso integral caso sinta que o curso não é para você. Após esse período, nos reservamos ao direito não devolver os valores pagos.

A taxa de juros aplicada no pagamento parcelo é de 2,78% ao mês. No carrinho, aparece a taxa de 1,70% por uma configuração de nosso parceiro financeiro que não conseguimos alterar.

Datas sujeitas a alteração.

O Instituto Aripe reserva-se ao direito da não realização dos cursos caso não ocorra quórum mínimo necessário, no prazo de 48h antes da sua realização.

Disponibilidade de novas datas e cursos, conforme formação de turma(s), por demanda dos participantes.

A escolha por permanecer na turma em nova data, ou solicitar o reembolso integral estará a critério do aluno.